Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!

Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!

http://xiglute.com/forums/topic/17587/far-cry-5-event-node-finishing-easy- /top-jogos-leves-2-counter-strike-1-6 2015-08-07T12:35:21+00:00 daily 0.5. Dragon Ball https://sm.ign.com/ign_br/screenshot/default/yamcha-2_bj7x.jpg Yamcha com o Instinto Superior Gostou? Clique para ver mais artes incríveis de. /tem-um-espacinho-no-seu-smartphone-ou-tablet-para-mais-6-aplicacoes-novas/ /blog/microsoft-revela-mais-pormenores-sobre-nova-xbox-project-scorpio/. Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!

Was: Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!

Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!
Tag: acoustica crack
Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!
Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!

Manual caneta filmadora portugues - The witcher 3 walkthrough pdf

UFECe.



LFCHECHFNeR ZF

UyCHyeEytER NEv:

LEFCHYR

LEFCHYR

LEFCHYR

LEFCHYR

LEFCHYR

LEFCHYR

LEFCHYR

rCHEeK — yaey erv LeFCHyR FOEeiO

tiptronic manual Porsche 993 or & washer parts list Brute power _ dog manual team Basic transportation field -- 6d8b221a1b075651b18ef0bc0aad94f3 & ps3 red dead Elegant suit redemption 82e2b3f3c984659 < 655942227 187116275 1642465882 222542780 2103397788 84501067

1



.



O corte lapidado metálico adiciona um toque atraente de muito estilo. A estrutura fina de apenas 7,4mm permite que a caneta seja perfeitamente integrada. O K10 Pro ainda conta com uma bateria de 3080mAh de longa duração. É prático, poderoso e atraente. A Smart Pen Pro sai e pronto: Lembrete Pop, Captura+, Digitalizador Pop, Lembrete rápido e visualizações em miniatura de suas observações recentes. A ponta com apenas 1,8mm, permite que você crie observações, desenhe, faça seleções e marcações logo que tiver uma ideia, com excelente precisão. É o melhor mouse para o seu smartphone. Mais rápido do que procurar papel. Escreva na hora, mesmo enquanto a tela está apagada. Não perca o momento e anote suas ideias enquanto ainda estão frescas. Não perca sua caneta. Enquanto canetas normais sempre somem quando você precisa, essa está sempre com você. O Suporte de caneta alerta com uma mensagem se você esquecer sua caneta - assim, você nunca tem que se preocupar em perdê-la. O Smart Button Pro além de trazer o desbloqueio através do sensor de digitais, permite que você faça selfies com apenas um toque no sensor, ou capture o que está sendo exibido na sua tela com 2 toques. Não é apenas um sensor de digitais: é mais facilidade e usabilidade no seu K10 Pro. Capture o momento exatamente como você o viveu. A câmera de 13MP repleta de recursos captura brilhantemente os melhores momentos da sua vida em todos os detalhes. Tire o máximo proveito do Autoshot, Quick Selfie 2.0, Disparo Rápido, Disparo Contínuo e Quick Share, com fotos de excelente qualidade no seu K10 Pro. Selfies em um novo patamar. A incrível câmera de selfies de 8 MP deixa suas imagens de vídeo e fotos ainda mais nítidas e vivas. Apresente-se com uma clareza excepcional usando a conveniência descomplicada do Disparo Automático. Mais para ver, mais espaço para criar. A grande tela de 5,7" aproveita totalmente a tecnologia In-cell para proporcionar mais clareza, cores brilhantes e maior resolução, Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!. Uma experiência agradável, ágil e impecável. Todo o poder de um processador Octa-Core de 1,5 GHz aliado a 2 GB de memória RAM lhe proporciona fluidez sem contratempos ou atrasos. Armazene suas fotos, vídeos e músicas nos 32 GB de memória* do K10 Pro. A bateria de 3.080 mAh é removível, permitindo troca rápida em qualquer lugar. Compartilhamento rápido e fácil. Faça um vídeo e envie-o imediatamente para sua rede social preferida. Direto da janela de visualização, basta tocar no ícone de compartilhamento rápido Quick Share. Mais fácil e mais rápido, impossível.

Sexo Brasil - Guia do Orgasmo Feminino Fique horas transando e enlouqueça qualquer mulherGuia do Orgasmo femininoEreçes DuradourasAumento do Pênis Acesse www.cdon.com.br/msvs 5 MIL RECEITAS CULIN RIAS S o 5000 pratos da culinaria brasileira,regional e mundial. Acesse www.cdon.com.br/5milreceitas BIBLIOTECA JUR DICA EM CD O maior banco de dados jur dicos do Brasilem CD pelo preço de 1 nico livro Acesse www.cdon.com.br/cdjuridico GUIA DO PRAZER Tudo o que você precisa saber sobre sexo est aquiTorne-se um expert, aprenda com a experiência de outras pessoas Acesse www.cdon.com.br/guiadoprazer Curso de Fotografia !-EMAIL-!Aprenda a tirar o melhor proveito de sua m quinacriando fotos e efeitos profissionais Acesse www.cdon.com.br/fotografia

Источник: [https://torrent-igruha.org/3551-portal.html]
h 32ttp://aminoapps.com/p/4xtbkqe], que me desafiou a fazer um super, ultra e mega blog recomendando o game Tom Clancy's Rainbow Six Siege. Eu amo jogos de FPS, tanto que R6S é um dos meus favoritos, só que nem tinha me passado pela cabeça fazer uma recomendação desse jogo, mas já que estamos aqui, né?.

Já lhes aviso de antemão que este conteúdo é extenso, caso não gostem de ler, poderia sugerir que fechassem o post, no entanto, após uma breve leitura minha, posso concluir que o blog ficou maravilhoso e que vale a pena ler cada palavrinha. Como meu irmão disse (a quem eu tenho um enorme respeito, por ele ser patente alta em R6S): "Ficou melhor que a própria wiki do jogo".

ㅤㅤㅤ

▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁

❛❛ 𝐑𝟔𝐒 ─◦ 𝙸 ɴ ғ ᴏ ʀ ᴍ ᴇ s ; ; ᴛᴏᴍ ᴄʟᴀɴᴄʏ's »

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

user uploaded image

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

─────────────────── ─ ──

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

──────────────── ─ ──

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ PRODUTORA:

ㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤ Ubisoft Montreal;

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ EDITORA:

ㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤ Ubisoft;

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ DIRETOR:

ㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤ Xavier Marquis;

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ PRODUTOR:

ㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤ Sebastien Labbe;

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ DESIGNER:

ㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤ Andrew Witts;

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ MOTOR:

ㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤ AnvilNext;

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ PLATAFORMAS:

ㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤ Xbox One, PlayStation 4 e

ㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤ Microsoft Windows;

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ FRANQUIA:

ㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤ Tom Clancy's Rainbow Six;

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ LANÇAMENTO:

ㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤ 1 de dezembro de 2015;

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ Tag Archives: Clip Studio Paint 2021 Serial Number GÊNERO:

ㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤ FPS (First Person Shooter);

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ JOGABILIDADE:

ㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤㅤ Multijogador.

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

──────────────── ─ ──

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

ㅤㅤㅤ

▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁

❛❛ 𝐑𝟔𝐒 ─◦ 𝙸 ɴ ᴛ ʀ ᴏ ᴅ ᴜ ç ã ᴏ ; ; ᴛᴏᴍ ᴄʟᴀɴᴄʏ's »

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

user uploaded image

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

─────────────────── ─ ──

◠ ◠ ◠ ◠ ◠ ◠

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Tom Clancy's Rainbow Six Siege é um jogo do gênero FPS (First Person Shooter; refere-se: jogo de tiro em primeira pessoa) que foi produzido pela Ubisoft Montreal e a própria Ubsoft anunciou em 9 de junho de 2014, no evento Electronic Entertainment Expo 2014. Mesmo alguns meses após o anúncio, o jogo já foi recebendo várias críticas positivas e criou muitas expectativas para seus novos fãs. O lançamento oficial ocorreu no dia 1 de dezembro de 2015, para as seguintes plataformas: Xbox One, PlayStation 4 e Microsoft Windows.

ㅤㅤㅤ

▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁

❛❛ 𝐑𝟔𝐒 ─◦ 𝙽 ᴏ ᴠ ᴏ 𝙹 ᴏ ɢ ᴏ ; ; ᴛᴏᴍ ᴄʟᴀɴᴄʏ's »

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

user uploaded image

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

─────────────────── ─ ──

◠ ◠ ◠ ◠ ◠ ◠

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Nesse Rainbow Six, a Ubisoft resolveu usar seu motor AnvilNext, uma tecnologia avançada nos games que inclui a mudança entre dia e noite, melhorias na iluminação do ambiente, efeitos especiais, maior distância nos cenários, inteligências artificiais em NPCs (personagens não jogáveis), etc.; tanto que esse motor também foi utilizado em outros jogos, dois exemplos: Assassins Creed e Far Cry 2. Siege é legatário de Tom Clancy's Rainbow Six: Patriots, que foi cancelado. Assim como os games anteriores, essa nova versão — nem tão atual — de R6S também foca no trabalho em equipe, os jogadores têm sempre que cooperar para conseguirem um bom resultado nas partidas, o que de certa forma diferencia-o dos outros jogos. No entanto Siege não apresentou nenhum Modo Campanha para seus cenários, apenas multiplayer, contudo o jogador pode escolher pela função Jogar Modo Cenário, o que não interfere em sua patente, que fica disponível após o praticante alcançar o level 20 jogando online. Nesse novo modo, o jogador escolhe um dos agentes da equipe Rainbow — que é especializada contra terroristas — para combater os The White Masks, há também um inimigo diferente entre eles, conhecido como Homem-Bomba.

ㅤㅤㅤ

▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁

❛❛ 𝐑𝟔𝐒 ─◦ 𝙹 ᴏ ɢ ᴀ ʙ ɪ ʟ ɪ ᴅ ᴀ ᴅ ᴇ ; ; ᴛᴏᴍ ᴄʟᴀɴᴄʏ's »

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

user uploaded image

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

─────────────────── ─ ──

◠ ◠ ◠ ◠ ◠ ◠

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Como dito anteriormente, Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL! Clancy's Rainbow Six Siege é um jogo de tiro em primeira pessoa com funcionamento tático, Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!, os jogadores apenas têm que escolher um dos agentes da equipe Rainbow para jogar. Os operadores do game são variados, possuindo diferentes nacionalidades, habilidades e equipamentos únicos, exemplos: Ash é uma agente israelense que vem da S.W.A.T., sua posição é no ataque, seu equipamento é uma granadeira M120 CREM que dá a ela capacidade de demolir superfícies frágeis a distância; já Kapkan é um agente russo da unidade SPETSNAZ, ele é defensor e seu equipamento é um EDD-MK II (Dispositivo Bloqueador de Entrada), é uma armadilha com C4 acoplada em superfícies verticais — geralmente batentes de portas ou janelas — é acionada ao detectar o movimento do inimigo.

No Recruit (recrutamento, que no caso é a sala de espera), os jogadores têm acesso a todos os agentes disponíveis para eles, podendo personalizar diversas classes e escolher qualquer operador de acordo com o cenário e a missão que serão designados, Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!, no entanto, durante as partidas, não poderão mais mudar suas categorias. Granadas, flashes e outros equipamentos táticos são limitados. O trabalho em equipe é a base do jogo, por isso é pedido que os jogadores interajam entre si para que possam fazer seu time ganhar as partidas.

Na rankeada, as partidas do jogo são no mínimo com quatro ou três rodadas (exceto Casual), mas caso haja alguns empates, o número de rounds pode subir. O game funciona da seguinte forma: são dois grupos: um para o ataque e outro para defesa; antes da partida começar, os jogadores devem discutir o planejamento do jogo; atacantes poderão enviar drones com câmeras para estudar o cenário, identificar inimigos e localizar os objetivos, enquanto defensores fortificam suas áreas usando suas habilidades e alguns equipamentos táticos. Agentes do ataque podem iniciar em locais individuais, já os da defesa iniciam no mesmo ponto. Ao morrerem, os jogadores não poderão ressuscitar, mas caso forem abatidos e continuarem com vida, Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!, outros companheiros podem vir reanimá-los.

Nas partidas, é comum ocorrer destruição em massa de objetivos e partes dos cenários, principalmente o chão, teto e as paredes; é possível destruir estruturas utilizando explosivos ou até mesmo balas, mas dependendo do material, serão dadas diferentes reações aos ataques dos agentes. É permitido que os operadores do ataque utilizem a função rapel para poder invadir pelas janelas; já os defensores Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL! criar armadilhas utilizando C4, arame farpado e/ou se protegerem com escudos, colocando-os em portas ou janelas, no SysTools Hard Drive Data Recovery Crack v16.4.0 + Keygen [2021] os números desses equipamentos são limitado e os dois últimos citados podem ser destruídos.

Apesar de ser um jogo de grande sucesso e ter uma jogabilidade incrível, Rainbow Six Siege não tem um servidor muito estável, tanto que já houve casos de queda nas partidas oficiais em eventos organizados pela Ubisoft Brasil.

ㅤㅤㅤ

▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁

❛❛ 𝐑𝟔𝐒 ─◦ 𝙼 ᴏ ᴅ ᴏ s ; ; ᴛᴏᴍ ᴄʟᴀɴᴄʏ's »

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

user uploaded image

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

─────────────────── ─ ──

◠ ◠ ◠ ◠ ◠ ◠

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Os jogadores podem escolher jogar Casual (apenas por diversão ou treinamento) Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL! há 3 rodadas, cada uma com o tempo de 3 minutos ou, se preferirem, ranqueada (por colocação para subir de patente) com no mínimo 4 rounds e o tempo é menor, 2 minutos e 30 segundos. Há 6 modos no multiplayer: Extrair/Proteger Refém, Proteger Área, Localizar e Destruir/Proteger Bombas, Cenários, Caça-Terrorista e Personalizado.

EXTRAIR/PROTEGER REFÉM:

A equipe defensora fica encarregada de proteger um refém, sendo homem ou mulher, impedindo que os atacantes resgatem-no. Uma vez que ele morre por um operador do ataque, os defensores saem vitorioso e/ou vice-versa;

PROTEGER ÁREA:

Nesse modo há uma pequena disputa entre os atacantes e defensores, eles têm que defender um contêiner biológico, combatendo com suas armas e habilidades para disputar a área, o(s) agente(s) que sobrar(em) levarão o grupo à vitória;

LOCALIZAR E DESTRUIR/PROTEGER BOMBAS:

Os defensores são obrigados a protegerem duas bombas para impedirem que os atacantes desativem-na usando um dispositivo que interfere no sinal do detonador. Uma vez que todos os agentes da equipe de ataque morrem, mesmo após plantarem o desativador, ele continua ativo até que um operador da defesa o destrua;

CENÁRIOS:

O Modo Cenário seria mais como um treinamento para o jogador entender como funciona a dinâmica do jogo. Nesse modo não dá para jogar com squad, apenas um agente. São dez cenários, após completar o décimo, é liberado o PDF Eraser Pro key 1.9.5 (Latest Version) 2021 Free Download 5, que pode ser jogado por jogadores aleatórios escolhidos pelo computador. Art. 5 é uma missão onde os jogadores escolhem um dos agentes da equipe Rainbow, um esquadrão antiterrorista, para combater os terroristas que atacaram uma faculdade, a história é narrada por Six (com a voz da atriz estadunidense Ângela Basset) e conta como surgiu os The White Masks;

CAÇA TERRORISTA:

Caça Terrorista é outro modo que serve como treinamento, nele o jogador tem a opção Lobo Solitário, Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!, que é jogar sozinho contra os bots; se preferir, pode organizar uma partida para entreter-se com amigos ou outros jogadores aleatórios escolhidos pelo computador;

PERSONALIZADO:

Personalizado é uma partida modificada pelo(s) jogador(es), pode ser jogado em X1 (um contra um) ou com mais números de participantes, sendo no máximo 5 agentes em cada equipe.

ㅤㅤㅤ

▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁

❛❛ 𝐑𝟔𝐒 ─◦ 𝙿 ʀ ᴏ ɢ ʀ ᴇ s s ᴏ ; ; ᴛᴏᴍ ᴄʟᴀɴᴄʏ's »

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

user uploaded image

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

─────────────────── ─ ──

◠ ◠ ◠ ◠ ◠ ◠

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Como eu já havia mencionado, Tom Clancy's Rainbow Six Siege é legatário do game Tom Clancy's Rainbow 6: Patriots, que acabou sendo cancelado. Assim como os jogos anteriores, para ter uma boa jogabilidade, Siege funciona na base do trabalho em equipe, no entanto acabou mostrando alguns pontos diferenciados como: destruição dos objetivos/cenários e cooperação entre jogadores. O motor que é usado no jogo, AnvilNext, é uma propriedade da Ubisoft, o primeiro desde o Unreal Engine, da Epic, usado em Rogue Spear. Siege começou a ser produzido no início de 2013, mas só foi anunciado no ano seguinte, contudo foi recebido com diversas críticas positivas.

ㅤㅤㅤ

▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁

❛❛ 𝐑𝟔𝐒 ─◦ 𝚃 ᴇ ᴍ ᴘ ᴏ ʀ ᴀ ᴅ ᴀ s ; ; ᴛᴏᴍ ᴄʟᴀɴᴄʏ's »

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

user uploaded image

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

─────────────────── ─ ──

◠ ◠ ◠ ◠ ◠ ◠

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Para quem não sabe, R6S é um jogo Beta, ou seja, ainda está em fase de testamento. Os produtores decidiram deixá-lo assim para poderem modificar o game quando quiserem, mexendo na temática ou até mesmo mudando acessórios de personagens. Também funciona para corrigir bugs (ou acrescentar outros), aprimorar o jogo, lançar novas atualizações e por aí vai. Siege não é o único que está em fase Beta, outro exemplo é o famoso PUBG. Mas o que é mais marcante pelas constantes atualizações em R6S — além dos bugs — são suas seasons, ou melhor, temporadas.

Em fevereiro de 2016, a Ubisoft disponibilizou a primeira season de R6S, isso acontece até hoje e ocorre 4 vezes por ano. As atualizações das temporadas servem como um aprimoramento para a jogabilidade; cada uma vem com novos conteúdos, incluindo mapas, armas, recursos ou modos de jogos; outros materiais só são adquiridos se os jogadores habilitarem com os créditos próprios do R6S ou dinheiro real, exemplos: novos agentes e skins de personagens. Abaixo está uma lista de todas as temporadas que já foram lançadas até hoje, são elas:

ㅤㅤㅤ

ANO 1

1 – OPERATION BLACK ICE:

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Foi a primeira atualização de conteúdos em R6S, oferecendo dois novos agentes da JTF2, skins para armas, o mapa "Iate" e a opção Câmera de Espectador (mesmo após o jogador te morrido, ele continua assistindo as rodadas pela visão de outro agente).

ㅤㅤㅤ

2 – OPERATION DUST LINE:

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Nessa segunda atualização de conteúdos foram disponibilizados dois agentes da Navy SEAL (Exército dos Estados Unidos), o mapa "Fronteira", skins para armas e, para os jogadores, a capacidade de mudar o loadout entre as rodadas.

ㅤㅤㅤ

3 – OPERATION SKULL RAIN:

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Essa Operation foi algo que surpreendeu os brasileiros que jogam R6S, pois trouxeram dois agentes do BOPE, mais um mapa títulado de "Favela" — que, obviamente, foi inspirado nas favelas do Rio de Janeiro — aprimoração para a jogabilidade e também, foi quando iniciaram as primeiras penalizações contra jogadores com comportamentos hostis.

ㅤㅤㅤ

4 – OPERATION RED CROW:

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Essa operação trouxe para os jogadores dois agentes da S.A.T., mais o mapa "Arranha-céu" e melhorias na jogabilidade; para os atacantes, uma nova oportunidade tática de invasão foi disponibilizada. Red Crow foi a última atualização de conteúdos do Ano 1 em R6S.

ㅤㅤㅤ

ANO 2

5 – OPERATION VELVET SHELL:

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Essa é a primeira atualização de conteúdos do Ano 2 em R6S, trouxe para os jogadores mais conforto na jogabilidade, uma atualização na interface de navegação, dois agentes da G.E.O. e o mapa "Litoral".

ㅤㅤㅤ

6 – OPERATION HEALTH:

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Operation Health foi a única atualização que não disponibilizou mapa e agentes novos, pois foi criada para corrigir erros corriqueiros que ocorreram com certa frequência no jogo, houve melhorias técnicas e focaram também nos problemas reportados pelos jogadores.

ㅤㅤㅤ

7 – OPERATION BLOOD ORCHID:

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Essa operação disponibilizou dois agentes da unidade S.D.U e o mapa "Parque de Diversões", contudo, para surpresa de muitos, uma operadora da Polônia veio junto. Nessa atualização, focaram bastante nas melhorias técnicas do jogo para aprimorar a riqueza de detalhes, como a reconstrução de agentes, cenários, entre outras coisas.

ㅤㅤㅤ

8 – OPERATION WHITE NOISE:

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Operação White Noise trouxe para os jogadores dois agentes da 707TH SMB e mais uma operadora da G.R.O.M, uma unidade polonesa e, é claro, não podiam deixar de faltar o mapa "Torre".

ㅤㅤㅤ

ANO 3

9 – OPERATION CHIMERA:

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Para abrir com chave de ouro as atualizações do Ano 3, a Operation Chimera havia chegado com uma novidade em R6S, além de dois agentes especialistas em bioterrorismo, trouxe o novo evento Outbreak, que ocorreu durante quatro semanas, um desafio que envolvia quarentena e riscos biológicos.

ㅤㅤㅤ

10 – OPERATION PARA BELLUM:

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Para Bellum foi uma atualização simples, no entanto, assim como Chimera, inovou e muito nos equipamentos de seus dois agentes da G.I.S., pois passou a impressão de dispositivos futurísticos; sem contar que o mapa "Mansão" é um dos favoritos entre os jogadores.

ㅤㅤㅤ

11 – OPERATION GRIM SKY:

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Grim Sky trouxe os agentes Clash, que é especialista em ataques terroristas em lugar com multidão e Maverick, um espião americano; também houve uma modificação extrema no mapa "Hereford Base".

ㅤㅤㅤ

12 – OPERATION WIND BASTION:

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Essa última atualização de conteúdos do Ano 3 trouxe para a equipe Rainbow dois agentes de Marrocos, Kaid e Nomad, com eles veio o mapa "Fortaleza".

ANO 4

13 – OPERATION BURNT HORIZON:

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Burnt Horizon está chegando ao game, trazendo muitas novidades para os jogadores, incluindo dois agentes da Austrália, Gridlock e Mozzie.

14 – OPERATION PHANTOM SIGHT:

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Operation Phantom Sight traz para os jogadores dois novos agentes sombrios; Nøkk e Warden e uma extrema reforma no mapa russo "Café Dostoyevski". Também houve algumas mudanças nas jogabilidades, como o "Fogo Amigo Reverso", onde o jogador que for atirar em seu parceiro sofrerá o dano por ele. Sem contar que o modo Rankeada passou a ser como as jogadas dos campeonatos oficiais.

15 – OPERATION EMBER RISE:

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Ember Rise chegou no R6 trazendo consigo dois operadores, o mexicano Goyo e a peruana Amaru, não podendo faltar a reforma no mapa "Canal", trazendo ele de volta para as partidas rankeadas.

16 — OPERATION SHIFTING TIDES:

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Essa operação chegou recentemente em Rainbow Six Siege, é a última do Ano 4, trouxe dois novos agentes, o Wamai do Quênia e a Kali da Índia; também nos trouxe de volta o mapa Parque Temático, totalmente modificado.

ㅤㅤㅤ

▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁

❛❛ 𝐑𝟔𝐒 ─◦ 𝙶 ʀ ᴜ ᴘ ᴏ s/𝙰 ɢ ᴇ ɴ ᴛ ᴇ s ; ; ᴛᴏᴍ ᴄʟᴀɴᴄʏ's »

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

user uploaded image

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

─────────────────── ─ ──

◠ ◠ ◠ ◠ ◠ ◠

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ O jogo foi lançado contendo apenas vinte agentes, no entanto a cada atualização de conteúdos foram incrementando dois operadores, com exceção das Operations Blood Orchid e White Noise, que trouxeram três personagens, devido ao fato de que a Zofia estava de licença maternidade e só conseguiu entrar na equipe Rainbow bem depois que a Ela, sua irmã e parceira de unidade.

SPETSNAZ

1 - Kapkan:

❑ Posição: Defensa;   ❑ Nome: Maxim Basuda;

❑ Data: 14/05;    ❑ Local: Kovrov, Rússia, :ru: ;

❑ Habilidade: Bloqueador de Entrada – coloca armadilhas em janelas e soleiras de portas.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

2 - Tachanka:

❑ Posição: Defensa; ❑ Nome: Alexandr Senaviev;

❑ Data: 03/11;       ❑ Local: São Petersburgo, Rússia, :ru: ;

❑ Habilidade: Metralhadora Fixa – instala uma Metralhadora Fixa com um escudo protegendo a cabeça contra disparos frontais.

❑ Blindagem: ● ● ●      ❑ Velocidade: ● ○ ○

3 - Glaz:

❑ Posição: Ataque;    ❑ Nome: Timur Glazkov;

❑ Data: 02/07; ❑ Local: Vladivostok, Rússia, :ru: Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL! Habilidade: Mira de Precisão – a mira de seu rifle possui um aumento com sensores avançados que detectam alvos a longa distância, mesmo que o ambiente esteja esfumaçado.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

4 - Fuze:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Shuhrat Kessikbayev;

❑ Data: 12/10;    ❑ Local: Samarcanda, Uzbequistão, 🇺🇿;

❑ Habilidade: Perfurador – um dispositivo perfurador que se prende em superfícies, lançando granadas do outro lado.

❑ Blindagem: ● ● ●     ❑ Velocidade: ● ○ ○

GSG9

1 - IQ:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Monika Weiss;

❑ Data: 01/08;    ❑ Local: Leipzig, Alemanha, :de: ;

❑ Habilidade: Detector de Eletrônicos – um aparelho capaz de detectar armadilhas eletrônicas de inimigos a uma curta distância.

❑ Blindagem: ● ○ ○      ❑ Velocidade: ● ● ●

2 - Blitz;

❑ Posição: Ataque;     ❑ Nome: Elias Kötz;

❑ Data: 02/04;   ❑ Local: Bremen, Alemanha, :de: ;

❑ Habilidade: Escudo Flash – o escudo balístico tem um dispositivo que aciona um feixe de luz, cegando os inimigos temporariamente.

❑ Blindagem: ● ● ○     ❑ Velocidade: ● ● ○

3 - Bandit:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Dominic Brunsmeier;

❑ Data: 13/08;    ❑ Local: Berlim, Alemanha, :de: ;

❑ Habilidade: Fio de Choque – um dispositivo que eletrocuta tudo que encostar nele, geralmente é implantado perto de superfícies de metal, para propagar a eletricidade.

❑ Blindagem: ● ○ ○      ❑ Velocidade: ● ● ●

4 - Jäger:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Marius Streicher;

❑ Data: 09/03;    ❑ Local: Düsseldorf, Alemanha, :de: ;

❑ Habilidade: Defesa Ativa – um dispositivo que intercepta granadas e outros equipamentos antes da detonação.

❑ Blindagem: ● ○ ○      ❑ Velocidade: ● ● ●

GIGN

1 - Rook:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Julien Nizan;

❑ Data: 09/03;    ❑ Local: Tours, França, :fr: ;

❑ Habilidade: Pacote de Blindagem – disponibiliza coletes para sua equipe, aumentando a blindagem de cada agente.

❑ Blindagem: ● ● ●      ❑ Velocidade: ● ○ ○

2 - Doc:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Gustave Kateb;

❑ Data: 16/09;    ❑ Local: Paris, França, :fr: ;

❑ Habilidade: Pistola Estimulante – com a pistola diferenciada atira uma dose de subcutânea para reanimar a si próprio ou a um colega de equipe, oferecendo uma resistência temporária contra danos de inimigos.

❑ Blindagem: ● ● ●      ❑ Velocidade: ● ○ ○

3 - Twitch:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Emmanuelle Pichon;

❑ Data: 09/03;    ❑ Local: Nancy, França, :fr: ;

❑ Habilidade: Drone de Choque – Twitch tem dois drones que são capazes de destruir armadilhas e ferir oponentes com dardos de choque limitados, sendo que o primeiro é utilizado na fase de preparação da partida.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

4 - Montagne:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Gilles Touré;

❑ Data: 11/10;    ❑ Local: Bordeaux, França, :fr: ;

❑ Habilidade: Escudo Extensível – Montagne possui um escudo totalmente blindado, capaz de protegê-lo por inteiro quando ele está de pé.

❑ Blindagem: ● ● ●      ❑ Velocidade: ● ○ ○

S.W.A.T.

1- Thermite:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Jordan Trace;

❑ Data: 14/03;    ❑ Local: Plano, EUA, 🇺🇲;

❑ Habilidade: Carga Exotérmica – é uma carga capaz de destruir paredes reforçadas.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

2 - Pulse:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Jack Estrada;

❑ Data: 11/10;    ❑ Local: Goldsboro, EUA, 🇺🇲;

❑ Habilidade: Sensor Cardíaco – Pulse tem um dispositivo que detecta os batimentos cardíacos dos inimigos a uma curta distância.

❑ Blindagem: ● ○ ○      ❑ Velocidade: ● ● ●

3 - Castle:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Miles Campbell;

❑ Data: 20/09;    ❑ Local: Sherman Oaks, EUA, 🇺🇲;

❑ Habilidade: Painel Protetor – são barricadas a prova de balas e mais resistentes que as normais.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

4 - Ash:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Eliza Cohen;

❑ Data: 24/12;    ❑ Local: Jerusalém, Israel, 🇮🇱;

❑ Habilidade: Munição Explosiva – um tipo de granadeira que possui uma munição especial que fica grudada em superfícies, detonando automaticamente.

❑ Blindagem: ● ○ ○      ❑ Velocidade: ● ● ●

SAS

1 - Thatcher:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Mike Baker;

❑ Data: 22/06;    ❑ Local: Bideford, Inglaterra, :gb: ;

❑ Habilidade: Granadas de EMP – uma granada especial que desativa qualquer dispositivo eletrônico nas proximidades.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

2 - Smoke:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: James Porter;

❑ Data: 14/05;    ❑ Local: Londres, Inglaterra, :gb: ;

❑ Habilidade: Granada de Gás Remota – Smoke pode liberar granadas com um gás tóxico que são detonadas remotamente.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

3 - Sledge:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Seamus Cowden;

❑ Data: 02/04;    ❑ Local: John O’Groats, Escócia, 🏴󠁧󠁢󠁳󠁣󠁴󠁿;

❑ Habilidade: Marreta IDM 6.39 Build 2 Crack Serial Number With 2021 Download Demolição – Sledge pode usar sua marreta para destruir superfícies demolíveis.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

4 - Mute:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Mark Chandar;

❑ Data: 11/10;    ❑ Local: York, Inglaterra, :gb: ;

❑ Habilidade: Disruptor de Sinal – um dispositivo que interfere no sinal de aparelhos eletrônicos — drones — controlados remotamente.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

JTF2

1 - Frost:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Tina Lin Tsang;

❑ Data: 04/05;    ❑ Local: Vancouver, Canadá, 🇨🇦;

❑ Habilidade: Capacho — um tapete semelhante as armadilhas de ursos que incapacita inimigos.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

2 - Buck:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Sebastien Cônté;

❑ Data: 20/08;    ❑ Local: Montreal, Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!, Canadá, 🇨🇦;

❑ Habilidade: Skeleton Key – um tambor de espingarda acoplado em sua arma principal.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

Navy Seal

1 - Valkyrie:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Meghan J. Castellano;

❑ Data: 21/06;    ❑ Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL! Oceanside, EUA, Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!, 🇺🇲;

❑ Habilidade: Black Eye — são câmeras com ferramentas de observação, cujas imagens podem ser acessadas por toda a equipe.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

2 - Blackbeard:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Craig Jenson;

❑ Data: 12/03;    ❑ Local: Bellevue, EUA, 🇺🇲;

❑ Habilidade: Escudo Para Rifle – Blackbeard pode acoplar um escudo sobre seu rifle para proteger sua cabeça; quando destruído, tem somente mais um para substitui-lo;

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

BOPE

1 - Capitão:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Vicente Souza;

❑ Data: 17/11;    ❑ Local: Nova Iguaçu, Brasil, 🇧🇷;

❑ Habilidade: Balestra Tática – balestra com munições especiais que podem asfixiar o inimigo com microgranadas de fumaça.

❑ Blindagem: ● ○ ○      ❑ Velocidade: ● ● ●

2 - Caveira:

❑ Posição: Desefa;      ❑ Nome: Taina Pereira;

❑ Data: 15/10;    ❑ Local: Rinópolis, Brasil, 🇧🇷;

❑ Habilidade: Passos Silêncios – Caveira tem uma habilidade que a torna rápida e silenciosa, podendo realizar um ataque furtivo nos inimigos; quando consegue abater um oponente, a operadora pode "interrogá-lo" para saber a posição dos demais da equipe adversária.

❑ Blindagem: ● ○ ○      ❑ Velocidade: ● ● ●

S.A.T.

1 - Echo:

❑ Posição: Desefa;      ❑ Nome: Masaru Enatsu;

❑ Data: 31/10;    ❑ Local: Suginami, Japão, :jp: ;

❑ Habilidade: Yokai – é um drone flutuante capaz lançar ondas acústicas para atordoar o inimigo, também envia imagens em tempo real para o agente.

❑ Blindagem: ● ● ●      ❑ Velocidade: ● ○ ○

2 - Hibana:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Yumiko Imagawa;

❑ Data: 12/07;    ❑ Local: Nagoya, Japão, :jp: ;

❑ Habilidade: X-Kairos – uma granadeira diferente, com munições de 40 mm que grudam em superfícies e podem ser detonadas a distância.

❑ Blindagem: ● ○ ○      ❑ Velocidade: ● ● ●

G.E.O.

1 - Jackal:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Ryad Ramirez Al-Hassar;

❑ Data: 29/02;    ❑ Local: Ceuta, Espanha, :es: ;

❑ Habilidade: Eyenox Model III – lentes capazes de rastrear pegadas recentes de inimigos.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

2 - Mira:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Elena Maria Alvarez Del Manzano;

❑ Data: 18/11;    ❑ Local: Madrid, Espanha, :es: ;

❑ Habilidade: Espelho Negro – uma placa de vidro blindado que é instalado em paredes quebráveis ou reforçadas; do lado de dentro é possível ver os inimigos, enquanto que por fora é somente um espelho negro.

❑ Blindagem: ● ● ●      ❑ Velocidade: ● ○ ○

S.D.U

1 - Lesion:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Liu Tze Long;

❑ Data: 02/07;    ❑ Local: Tseung Kwan O, China, :cn: ;

❑ Habilidade: GU Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL! pequenas minas camufladas que injetam uma substância tóxica no oponente, diminuindo sua velocidade.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

2 - Ying:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Siu Mei Lin;

❑ Data: 12/05;    ❑ Local: Hong Kong, China, :cn: ;

❑ Habilidade: Candela – explosivos que cegam os inimigos, podem ser fixados em estruturas ou lançados como granadas.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

G.R.O.M

1 - Ela:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Elzbieta Bosak;

❑ Data: 08/11;    ❑ Local: Breslávia, Polônia, 🇵🇱;

❑ Habilidade: Mina Grozmot – minas de concussão que são fixadas em paredes, ao detectar os movimentos dos inimigos, elas se acionam, deixando-os surdos e tontos.

❑ Blindagem: ● ○ ○      ❑ Velocidade: ● ● ●

2 - Zofia:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Zofia Bozak;

❑ Data: 12/05;    ❑ Local: Breslávia, Polônia, 🇵🇱;

❑ Habilidade: KS79 Lifenine – uma granadeira de dois tambores que lança granadas de concussão ou impacto.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

707TH SMB

1 - Dokkaebi

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Grace Nam;

❑ Data: 02/02;    ❑ Local: Seoul, Coréia do Sul, :kr: ;

❑ Habilidade: Bomba Lógica – um vírus que faz os celulares dos inimigos emitirem um som, o que comprometem suas posições, Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!. Dokkaebi também pode hacker as câmeras dos oponentes e, assim, tendo acesso as filmagens.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

2 - Vigil:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Chul Kyung Hwa;

❑ Data: 17/01;    ❑ Local: Coréia do Norte, 🇰🇵;

❑ Habilidade: ERC-7 – Vigil tem um dispositivo que pode deixá-lo indetectável pelos drones por um curto período.

❑ Blindagem: ● ○ ○      ❑ Velocidade: ● ● ●

SPETSNAZ

1 - Finka:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Lera Melnikova;

❑ Data: 07/06;    ❑ Local: Gomel, Bielorrússia, 🇧🇾;

❑ Habilidade: Pico de Adrenalina – são Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL! de adrenalina que dão energia e também reanimam temporariamente os aliados feridos em estado crítico.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

GIGN

2 - Lion:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Oliver Flament;

❑ Data: 29/08;    ❑ Local: Toulouse, França, :fr: ;

❑ Habilidade: EE-ONE-D – um dispositivo que detecta movimentos inimigos, entregando suas posições por um curto período.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

G.I.S.

1 - Alibi:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Aria de Luca;

❑ Data: 15/12;    ❑ Local: Trípoli, Líbia, 🇱🇾;

❑ Habilidade: Prisma – Alibi usa hologramas de sua própria imagem, ao serem atingidos por tiros, entregam as posições dos inimigos que os atacaram.

❑ Blindagem: ● ○ ○      ❑ Velocidade: ● ● ●

2 - Maestro

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Adriano Martello;

❑ Data: 13/04;    ❑ Local: Roma, Itália :it: ;

❑ Habilidade: Evil Eye – uma câmera à prova de balas que é fixada em superfícies, também pode lançar raio laser de alta potência.

❑ Blindagem: ● ● ●      ❑ Velocidade: ● ○ ○

The Unit

1 - Maverick:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Erik Thorn;

❑ Data: 20/04;    ❑ Local: Boston, EUA, 🇺🇲;

❑ Habilidade: Maçarico de Demolição – um maçarico que faz aberturas em paredes reforçadas por meio de uma chama quase inaudível.

❑ Blindagem: Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL! ○ ○      ❑ Velocidade: ● ● ●

MPS

2 - Clash:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Morowa Evans;

❑ Data: 07/06;    ❑ Local: Londres, Inglaterra, :gb: ;

❑ Habilidade: Escudo CCE – um escudo extensível com um dispositivo acoplado que dá choque em inimigos, retardando seus movimentos.

❑ Blindagem: ● ● ●      ❑ Velocidade: ● ○ ○

GIGR

1 - Kaid:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Jalal El Fassi;

❑ Data: 26/06;    ❑ Local: Aroumd, Marrocos, 🇲🇦;

❑ Habilidade: Rtila Electroclaw – um dispositivo que eletrifica paredes, alçapões e armadilhas dentro de sua área de alcance.

❑ Blindagem: ● ● ●      ❑ Velocidade: ● ○ ○

2 - Nomad:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Sanaa El Maktoub;

❑ Data: 27/07;    ❑ Local: Marrakesh, Marrocos, 🇲🇦;

❑ Habilidade: Lançador de Airjab – um tambor extra acoplado em seu rifle que atira um dispositivo adesivo, podendo jogar o inimigo longe, mas sem matá-lo.

❑ Blindagem: ● ○ ○      ❑ Velocidade: ● ● ●

SASR

1 - Gridlock:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Tori Tallyo Fairous;

❑ Data: 05/08;    ❑ Local: Longreach, Austrália, 🇦🇺;

❑ Habilidade: Ferrões TRAX – um dispositivo hexagonal com ferrões, é fixado em superfícies irregulares e, quando ativado, pode se multiplicar e causar retardamento nos movimentos dos inimigos.

❑ Blindagem: ● ● ●      ❑ Velocidade: ● ○ ○

2 - Mozzie:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Max Goose;

❑ Data: 15/02;    ❑ Local: Portland, Austrália, 🇦🇺;

❑ Habilidade: Pestes – são pequenos robôs que interceptam um único drone, Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!, passando o sinal dele para o agente Mozzie.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

JAEGER CORPS:

1 - Nøkk:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Confidencial;

❑ Data: Confidencial;    ❑ Local: Dinamarca, 🇩🇰;

❑ Habilidade: Hel – um dispositivo que deixa Nøkk invisível para as câmeras dos defensores, sem contar que seus passos ficam mais silenciosos.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

SECRET SERVICE:

1 - Warden:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Collinn McKinley;

❑ Data: 18/03;    ❑ Local: Kentucky, EUA, 🇺🇲;

❑ Habilidade: Smartglasses – um óculos que impede que Warden fique cego com granadas de flash e tenha visão em fumaças.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ○ ○

APCA:

1 - Amaru:

❑ Posição: Ataque      ❑ Nome: Azucena Rocío Quispe;

❑ Data: 06/05;    ❑ Local: Cojata, Peru, 🇵🇪;

❑ Habilidade: Gancho Garra – Um rapél diferente, onde é possível até mesmo escalar alçapões.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ○ ○

FES:

2 - Goyo:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: César Ruiz Hernández;

❑ Data: 10/06;    ❑ Local: Culiacán Rosales, México, 🇲🇽;

❑ Habilidade: Escudo Volcán – Escudo ajustável com um galão de gasolina implantado no interior, atirando nele causa uma queima ao redor do hambiente.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

NIGHTHAVEN:

1 - Kali:

❑ Posição: Ataque;      ❑ Nome: Jaimini Kalimohan Shah;

❑ Data: 21/08;    ❑ Local: Amreli, Índia, 🇮🇳;

❑ Habilidade: Lanza Explosiva BV – um dispositivo que destrói os gadgets dos defensores.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

2 - Wamai:

❑ Posição: Defesa;      ❑ Nome: Ngũgĩ Muchoki Furaha;

❑ Data: 01/06;    ❑ Local: Lamu, Quênia, 🇰🇪;

❑ Habilidade: Sistema Namagneto Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL! Um dispositivo magnético que puxa qualquer dardo de granada para ele, evitando que a explosão vá para os defensores.

❑ Blindagem: ● ● ○      ❑ Velocidade: ● ● ○

ㅤㅤㅤ

▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁

❛❛ 𝐑𝟔𝐒 ─◦ 𝙲 ᴏ ᴍ ᴘ ᴇ ᴛ ɪ ç õ ᴇ s ; ; ᴛᴏᴍ ᴄʟᴀɴᴄʏ's »

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

user uploaded image

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

─────────────────── ─ ──

◠ ◠ ◠ ◠ ◠ ◠

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Assim como os demais jogos competitivos, RS6 também possui seu campeonato oficial, o ESL Pro League, que ocorre semelhante as atualizações do game. Há quatro qualificatórias regionais, EPL LATAM (América Latina), EU (Europa), NA (América do Norte) e ASIA (Ásia e região do Pacífico), a competição asiática é diferente dos demais, utilizando a forma mata-mata, enquanto os outros funcionam com o MD1 (melhor de uma partida). Em NA, EU e LATAM, há um sistema de loop, onde as equipes se enfrentam duas vezes; os dois primeiros colocados conseguem se classificar para as Finais, que ocorrem no fim da temporada, reunindo todas as equipes do mundo na ESL Pro League.

ㅤㅤㅤ

▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁

❛❛ 𝐑𝟔𝐒 ─◦ 𝙴 x ᴛ ʀ ᴀ ; ; ᴛᴏᴍ ᴄʟᴀɴᴄʏ's »

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

user uploaded image

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

─────────────────── ─ ──

◠ ◠ ◠ ◠ ◠ ◠

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Thomas Leo Clancy Jr. foi um escritor romancista e historiador estadunidense que morreu em outubro de 2013, Tom deu vida a diversos jogos que seguiram a mesma temática de suas séries: terrorismo, armamento nuclear e espionagem; dois exemplos famosos — além de R6S — são Ghost Recon e The Division. Contudo Rainbow Six foi o primeiro jogo a levar seu nome, Tom Clancy's, baseado no livro que possui o mesmo título. Thomas era ótimo no que fazia, é lamentável que tenha morrido, mas sou eternamente grata por ele ter nos presenteado com suas ideias para Rainbow Six Siege.

▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁

❛❛ 𝐑𝟔𝐒 ─◦ 𝙾 ᴘ ɪ ɴ ɪ õ ᴇ s ; ; ᴛᴏᴍ ᴄʟᴀɴᴄʏ's »

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

user uploaded image

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

─────────────────── ─ ──

◠ ◠ ◠ ◠ ◠ ◠

Tio Pool – Ex-líder da R6S - PT/BR:

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ "Bom, conheci o game Rainbow Six Siege através de um amigo meu que havia recomendado. O que me chamou atenção no jogo foi sua jogabilidade e, principalmente, o modo tático, sensacional! R6S traz uma experiência de treinamento bem realista com as melhores forças táticas do mundo. Para quem curte FPS, mas querem experimentar algo novo, eu super recomendo Rainbow Six Siege, vocês não vão se arrepender e aproveitem, pois ele está com um baita desconto."

Alisa – Ex-líder da R6S - PT/BR:

Comecei a jogar FPS — pelo menos online — em 2011, com o Call Of Duty MW3, desde então só ficava na franquia COD e de vez em quando me arriscava nos games do Battlefield, até que em 2016 um amigo de clã começou a falar sobre um "novo" jogo de FPS e que seu nome era Tom Clancy's Rainbow Six Siege. A princípio, não curti muito, mesmo não tendo nenhuma experiência com ele, até que meu tio conseguiu me convencer, porém mantive minha opinião sobre o game ser chato. Mas conforme eu jogava e pegava a manha, R6S, finalmente, me conquistou, sua jogabilidade é diferente que qualquer outro FPS, fora que o funcionamento tático de trabalhar em equipe é o essencial para poder ganhar as partidas, o que eu gosto muito, pois em Rainbow Six Siege, para conseguirem uma ótima patente, vocês dependerão totalmente dos seus companheiros de equipe — por isso eu só jogo com squad fechado. Recomendo!

ㅤㅤㅤ

▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁▁

❛❛ 𝐑𝟔𝐒 ─◦ 𝙲 ᴏ ɴ ᴄ ʟ ᴜ s ã ᴏ ; ; ᴛᴏᴍ ᴄʟᴀɴᴄʏ's »

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

user uploaded image

▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬▬

─────────────────── ─ ──

◠ ◠ ◠ ◠ ◠ ◠

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Ah, finalmente terminei esta "bíblia", Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!. Pelo menos consegui participar do evento que, cá entre nós, foi divertido. Apesar da comunidade ser de Naruto, uma hora ou outra ela sairia do on-topic, mesmo que fosse através de um evento. Enfim, foi uma experiência maravilhosa, pois amo Tom Clancy's Rainbow Six Siege e fazer esta homenagem me deixou mais apaixonada pelo game. Espero que tenha esclarecido as dúvidas de vocês sobre o jogo, mas caso ainda tenham, podem me chamar no privado. Goodbye!

user uploaded image
Источник: [https://torrent-igruha.org/3551-portal.html]

www1.folha.uol.com.br

Ronaldo Lemos, 31 de janeiro de 2021


[resumo] Um dos mais originais pensadores contemporâneos, o chinês Yuk Hui refuta a ideia ocidental de que a tecnologia é um fenômeno único e universal guiado apenas pela racionalidade. Em entrevista, ele comenta o conceito de tecnodiversidade, tema de livro publicado agora no Brasil, no qual propõe uma visão mais plural do tema, encarando a tecnologia como resultante de conhecimentos e contextos locais variados, o que pode contribuir para formas de pensar que levem à superação de impasses políticos, sociais e ecológicos atuais.

O chinês Yuk Hui tornou-se um dos pensadores centrais para entender o mundo contemporâneo. A originalidade da sua obra consiste precisamente em inaugurar um olhar novo sobre a questão da tecnologia.

Enquanto nós, no Ocidente, nos encantamos com o poder das próprias plataformas tecnológicas que criamos, enxergando-as a partir de ideias reducionistas, como o conceito de singularidade (grosso modo descrito como o momento em que as máquinas adquirem inteligência), Yuk Hui foi para um outro lugar.

Abraçou o conceito da tecnodiversidade, no qual destrói a ideia da tecnologia como um fenômeno universal. Na sua visão, a forma como lidamos com ela é limitante e obscurece nossa relação com o “cosmos” e suas infinitas possibilidades.

Nesta entrevista, Yuk Hui comenta seu primeiro livro publicado no Brasil. Intitulado “Tecnodiversidade”, resulta de uma cuidadosa compilação de textos do pensador realizada pela editora Ubu, em contato diretamente com o autor.

A originalidade da sua obra confunde-se com a sua história pessoal. Nascido na China, formou-se em engenharia da computação em Hong Kong, Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!. Depois rumou para Londres, onde estudou no prestigioso Goldsmiths College. A partir daí, circulou por várias instituições europeias, incluindo o Instituto de Inovação do Centro Pompidou, em Paris, e as universidades Leuphana, em Luneburgo, e Bauhaus, em Weimar, ambas na Alemanha.

Voltou então para a China, onde passou a editar a coleção de filosofia da mídia e tecnologia da Academia de Ciências Sociais, em Xangai, e a dar aulas na Universidade de Hong Kong.

Em 2019 esteve no Brasil para conferências na UFPB, na UFRJ e no ITS Rio. Com isso, Hui tece um diálogo entre o pensamento oriental e o ocidental para enfrentar a principal charada dos nossos tempos: o que fazer com a tecnologia?

De Hong Kong, Hui concedeu a entrevista a seguir via aplicativo de chamada pela internet.

Você ocupa uma posição única como pensador. Nasceu na China, fala mandarim, cantonês, teochew, inglês, francês e alemão, trabalhou em instituições renomadas no Ocidente e no Oriente. Vou começar te perguntando se é mais fácil filosofar em chinês ou alemão? [Risos]. De fato, a filosofia é sobre articulação e elaboração de conceitos cujas possibilidades estão na própria linguagem. Não dá para pensar sem a linguagem e é por isso que, para os gregos, a ideia de logos também significa a capacidade de linguagem.

A língua alemã, assim como o grego antigo, tem a vantagem de permitir a articulação precisa de significados. É por isso que Martin Heidegger disse certa vez que essas duas línguas são as línguas da filosofia.

Já o chinês é uma língua baseada em pictogramas, consistindo em uma forma de pensar conduzida Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL! imagens. No entanto, isso não significa que o chinês seja uma língua imprecisa. Nas línguas europeias a noção de tempo é expressa por meio de tempos verbais. Já no Chinês, o tempo não é expresso em verbos, mas em advérbios.

Curiosamente, é no japonês onde podemos encontrar uma combinação interessante de pictogramas (“kanji”) e a conjugação dos verbos. Nosso cérebro é moldado de acordo com a nossa experiência de aprender uma língua, que sintetiza modos diferentes de pensar.

Então, no final, não sei mais em que língua estou pensando. Como nesta entrevista em que estamos nos comunicando em inglês, mas não é realmente inglês que estamos “falando”.

Como o Ocidente e o Oriente percebem a ideia de tecnologia? A tecnologia é um conceito universal? Primeiro, acho que é importante esclarecer o termo universal. No pensamento tradicional, o universal se opõe ao particular, em uma dualidade entre isto ou aquilo. Quando entendemos o universal dessa forma, a afirmação “a tecnologia é um universal” torna-se problemática.

Ou ainda, acreditamos que o progresso da humanidade é definido por uma racionalidade universal, que se concretiza no tempo. No entanto, esse conceito de tecnologia é apenas um produto histórico da modernidade ocidental.

De fato, entre o conceito grego de “technē” e a tecnologia moderna encontra-se uma ruptura epistemológica e metodológica. Não há conceito singular de tecnologia, nem epistemologicamente nem ontologicamente. Podemos no máximo dizer que o conceito de tecnologia foi universalizado através da história da colonização e da globalização.

Arnold Toynbee certa vez perguntou: “Por que o extremo oriente fechou suas portas para os europeus no século 16, mas abriu essas portas para eles no século 19?”. Sua análise é que, no século 16, os europeus queriam exportar tanto a sua tecnologia quanto a sua religião para o Oriente. Já no século 19, sabendo que a religião pode ser um obstáculo, os europeus exportaram somente a tecnologia.

Isso decorre de um modo de pensar em que a tecnologia seria somente um reles instrumento, que poderia ser controlado com um modo de pensar próprio. Os japoneses chamaram essa ideia de “wakon yōsai” (“alma japonesa, conhecimento ocidental”). Os chineses chamaram de “zhōng ti xī yòng” (“adotar o conhecimento ocidental para seu uso prático, mantendo os valores e usos chineses”).

No entanto, olhando retrospectivamente, essa dualidade provou-se insustentável. Nós ainda não entendemos a tecnologia e, por causa disso, ainda não somos capazes de superar a modernidade.

Sua obra usa muitos conceitos do antropólogo Eduardo Viveiros de Castro, como o perspectivismo ameríndio, para construir um entendimento maior sobre a tecnologia. Como o perspectivismo e Viveiros de Castro chegaram ao seu trabalho?Eu admiro o trabalho do professor Viveiros de Castro e o que ele chamou de multinaturalismo é muito inspirador. Ele e seus colegas, como Philippe Descola, têm tentando mostrar que a natureza não é um conceito universal.

Provavelmente, posso dizer que o que eu estava tentando fazer com o conceito de tecnologia é um eco da sua tentativa de longo prazo de articular um pluralismo ontológico. Meu sentimento é que, por causa da orientação e de conflitos de certas escolas da antropologia (por exemplo, entre Claude Lévi-Strauss e André Leroi-Gourhan), a questão da tecnologia não alcançou a clareza que ela merece.

Por isso, o pensamento sobre a natureza de alguma forma deixou esse seu outro aspecto subanalisado. Esse é um assunto que queria discutir com Viveiros de Castro há alguns anos. A novidade é que agora temos toda uma correspondência que trocamos e que será publicada na revista Philosophy Today a partir de abril deste ano.

O Ocidente está fascinado com a ideia de singularidade, que pode ser descrita como o momento em que as máquinas se tornam inteligentes e obtêm primazia sobre a humanidade, levando a um ponto de convergência. Versões dessa ideia aparecem em Ray Kurzweil, mas também no livro “Homo Deus”, no qual Yuval Harari basicamente desiste da ideia de humanismo em prol de uma tecnologia vindoura. Isso faz sentido? Esses discursos em torno da singularidade e do “homo deus” tornaram-se muito populares e perigosos. Eles revelam uma verdade parcial. E, por ser parcial, deixam de fora as questões mais fundamentais sem resposta. Do ponto de vista histórico, o processo de se tornar humano implica a invenção e o uso da tecnologia.

Assim, as teses de que os seres humanos fazem ferramentas e as ferramentas fazem os seres humanos são ambas válidas, como quando a paleontologia tem mostrado, em termos de continuidade e descontinuidade, a trajetória do zinjatropos aos neantropos (Homo sapiens).

O fato de a linguagem simbólica e a arte (como as pinturas rupestres) só terem aparecido entre os neantropos, mas não entre os paleantropos (neandertais), sugere que possa haver uma ruptura cognitiva e existencial. Esta consiste na capacidade de antecipação, de acordo com André Leroi-Gourhan ou, se seguirmos Georges Bataille em seu texto sobre as pinturas rupestres de Lascaux, no sul da França, na capacidade de reflexão sobre a própria morte.

Em outras palavras, a questão da mortalidade condiciona o horizonte de significados que definem o desenvolvimento da arte, da ciência e da política. A introdução da ideia de imortalidade, por meio de noções como a singularidade ou “homo deus”, pertencem a uma época em que a aceleração tecnológica constantemente é um elemento de disrupção dos nossos hábitos, abrindo caminho para a ficção científica tomar conta das nossas imaginações.

O Zaratustra de Nietzsche acabou se tornando, de forma inocente, o porta-voz desse negócio trans-humanista, que promove um otimismo a respeito da superação da humanidade por meio de aprimoramentos na duração da vida, na inteligência e na emoção.

Se for para nos tornarmos “homo deus” ou imortais, então teríamos de reavaliar todos os valores e significados condicionados pela mortalidade. Essas questões permanecem em silêncio no trans-humanismo e, portanto, o trans-humanismo é fundamentalmente uma forma de humanismo e de niilismo.

Para ser possível indagar sobre o futuro do humano ou do pós-humano, teremos de confrontar, em primeiro lugar, um niilismo do século 21. De outro modo, seremos apenas rebanhos participando de campanhas das empresas de biotecnologia e das editoras de livros.

Ainda faz sentido falar em distinções como orgânico e mecânico com o surgimento da tecnologia digital e do virtual?  A distinção entre orgânico e mecânico veio de uma necessidade histórica na Europa, especificamente o declínio no século 17 da filosofia mecanicista e a emergência da biologia no século 18, disciplina que só foi reconhecida no começo do século 19.

No pensamento chinês não é possível identificar uma trajetória similar, ainda que muita gente afirme que o pensamento chinês é orgânico —isso denota uma falta de compreensão sobre o assunto.

No meu livro “Recursivity and Contingency” (recursividade e contingência) —meu esforço de fornecer uma nova interpretação da história da filosofia europeia, desde o começo do período moderno até hoje—, explico que essa distinção era fundamental para os projetos filosóficos de Kant e de idealistas pós-kantianos, como Magic file v1, Schelling e Hegel.

Falo também como essa distinção foi colocada em questão pela cibernética, assim como da necessidade de formular uma nova condição filosófica para os nossos tempos. É por essa razão que a primeira frase desse meu livro declara que ele éum tratado sobre cibernética.

Há um enorme debate sobre as big techs, grandes empresas de tecnologia como Google, Facebook, Apple, Amazon etc. Na China há um ecossistema diferente, com empresas como Alibaba, Tencent, ByteDance e Baidu. A questão das big techs é a mesma no Ocidente e na China? De fato, o ecossistema chinês que você menciona não é tanto sobre inovação tecnológica, mas muito mais condicionado pelos sistemas social e político. Como consequência, os processos de normalização são diferentes entre si e cada um desses sistemas políticos e sociais.

Por normalização eu me refiro aos meios pelos quais se adquire legitimidade para se transformar em norma social. As pessoas no Ocidente tendem a pensar que os chineses não se importam com a privacidade, mas isso não é verdade. O fato é que na China o processo de normalização é em grande medida determinado pelo Estado e com isso vemos dinâmicas diferentes na recepção e no uso da tecnologia.


No entanto, como no Ocidente, as empresas de tecnologia usam a coleta de dados, construção de perfis e análises de comportamentos Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL! um modo que ultrapassa a capacidade da administração estatal, o que pode se tornar uma ameaça ao poder do Estado. Acho que as acusações recentes de monopólio contra o Alibaba podem servir como um bom estudo de caso para essa questão.

Ao emergir como uma superpotência tecnológica, a China tem sido Quill v1.0 crack serial keygen de criar um modelo diferente de tecnologia e seus dispositivos ou é tudo a mesma coisa sob o sol, no Ocidente e no Oriente? Infelizmente, acho que não estamos testemunhando uma tecnodiversidade no seu sentido real. Certa vez eu fui a Hong Kong e Shenzhen com um grupo de estudantes russos que estava muito interessado em entender o desenvolvimento tecnológico na China.

No entanto, eles ficaram desapontados ao constatar que os aplicativos utilizados pareciam familiares, com a diferença de que a interface estava em chinês. Essa é outra razão pela qual a questão da tecnodiversidade ainda está por ser formulada.

Como o seu trabalho filosófico pode ser traduzido em ação? Existe um programa político que guie sua obra? Eu sou um filósofo, e o que posso fazer dentro da minha capacidade pessoal é formular questões que considero importantes e elaborar sobre a necessidade dessas questões.

Só posso desejar que o que eu tenho pensado possa ter ressonância sobre quem se preocupa com a questão da tecnologia e que possamos pensar juntos como um programa como esse poderia parecer e funcionar.

Se você me perguntar qual será o melhor caminho de começar algo assim, eu diria que precisamos reformar nossas universidades, em especial o sistema do conhecimento, suas divisões e estruturas, formas definidas séculos atrás.

No ano passado escutei sua conversa com Aleksandr Dugin, pensador a quem muita gente atribui, em uma simplificação grosseira, o rótulo de teórico do movimento antiglobalista contemporâneo. O que há de interessante no pensamento de Dugin e como ele se relaciona com o seu? A proposta de Aleksandr Dugin, bem como o legado da Escola de Kyoto, para mim é um assunto muito difícil de tratar. Quando digo difícil, não quero dizer que suas teorias sejam difíceis de entender, mas sim que é difícil desacreditá-los como fascistas e reacionários.

Se quisermos nos aproximar da questão do pluralismo, não podemos evitar as tensões entre essas diferenças. Desde o Iluminismo, a busca pelo universal tem sido central para o pensamento político. Aceitar com facilidade o universal elimina diversidades, reduzindo-as a meras representações, como no caso do multiculturalismo (o que Viveiros de Castro critica com razão).

A recusa fácil do universal em nome das particularidades também justifica o nacionalismo e a violência estatal. Não tenho a impressão de que Dugin ou os filósofos da Escola de Kyoto ignorem essa questão, no entanto tem havido obstáculos para o seu entendimento. Isso é o que eu chamo de “o dilema do retorno para casa” no meu livro sobre a questão da tecnologia na China. Penso que essa tem de ser a questão central da filosofia política no século 21.

Um dos pontos que chamam a atenção em Dugin é que a natureza em si não deveria ser um fenômeno universal. De forma grosseira, a visão dele acomodaria aqueles que acreditam que a terra é plana. No seu trabalho, você diz que a tecnologia não é um conceito universal. Como suas perspectivas se diferenciam? No meu debate com Dugin, ele elogiou o professor Eduardo Viveiros de Castro por sua ideia de multinaturalismo, mas seria inconcebível imaginar o professor Viveiros de Castro dizendo que a terra é plana. A natureza enquanto conceito, como a técnica, é uma construção histórica e cultural (geográfica).

No entanto, isso não significa que é uma construção puramente social e, desse modo, arbitrária. Quando eu digo que a tecnologia não é um universal, isso não significa que a teoria da causalidade aplicada para uma máquina mecânica é arbitrária ou que possamos reverter as causalidades. Rejeitar um conceito universal de natureza e de tecnologia não significa, de jeito nenhum, ser anticiência ou antitecnologia.

Minha sugestão é que, em vez de entender a tecnologia como uma substância universal sublinhada pela racionalidade, ela tem de ser entendida dentro de uma “gênesis”, por exemplo, em justaposição a outras formas de pensar, como a estética, a religião, a filosofia proposta por Gilbert Simondon, tudo sendo histórico e cultural.

Você esteve no Brasil, onde fez conferências na Paraíba e no Rio. Você tem hoje uma rede de interlocutores no país, como o professor Carlos Dowling, Hermano Vianna, Eduardo Viveiros de Castro e eu também. Quais foram suas impressões do Brasil e que papel nos cabe em termos de tecnologia? Foi minha primeira vez na América Latina, e isso me fez ter um entendimento melhor do legado colonial e também da inquietação social e política na região. Fiquei muito tocado com a recepção que tive no Brasil, e vejo que há muitas conversas por vir.

Acho que a América Latina em geral, e especialmente o Brasil, terá um papel muito importante a desempenhar no desenvolvimento de uma tecnodiversidade, a partir das necessidades de descolonização e das características próprias do seu pensamento.

Você mesmo me disse que há mais de uma década houve muitas tentativas no Brasil de articular uma tecnodiversidade [como no trabalho de Gilberto Gil no Ministério da Cultura], incluindo um trabalho sobre direitos autorais e sobre a perspectiva de grupos indígenas. Espero que surjam novos momentos para continuar esses trabalhos.

O seu livro “Tecnodiversidade” acaba de ser publicado no Brasil. É um livro único, no qual você trabalhou diretamente com a editora Ubu para compilar alguns dos seus trabalhos mais importantes, além de escrever uma introdução especial para o volume. O que você achou do resultado? A editora Florencia Ferrari foi muito gentil de ter se oferecido para publicar uma antologia dos meus textos. Tanto eu quanto ela temos de agradecer a você pelo texto de introdução.

Escolhi vários textos políticos e algumas conferências que realizei em Taipei em 2019, junto com o meu antigo orientador Bernard Stiegler. Fiquei feliz que esses artigos foram traduzidos para o português, uma vez que eles dão uma boa impressão da minha trajetória de 2016 a 2020, bem como quais seriam as implicações dos conceitos que venho desenvolvendo.

Uma pergunta pessoal: como você lida com a tecnologia? Você tem um smartphone? Está presente em redes sociais? Fica online por muito tempo ou tem algum tipo de compulsão para checar o celular o tempo todo, como todos nós? Minha primeira formação é como cientista da computação, então não sou realmente um ludita. Estou no Twitter, no Facebook, no WeChat e em outras mídias sociais. Se você quiser entender essas mídias, você tem de utilizá-las. Não pode criticá-las sem ao menos ter um conhecimento do que são, como muitos filósofos ainda fazem hoje.

No entanto, para conseguir me concentrar, somente me permito checar essas mídias sociais durante um período específico do dia. Em geral eu reservo as manhãs para estudar.

Você assistiu ao documentário “O Dilema das Redes”, na Netflix? Qual sua opinião? Assisti só a uma parte, mas, para mim, o problema não é tanto a questão da manipulação, mas sim a falta de alternativas. Em 2012, eu trabalhava no time do Bernard Stiegler em Paris para desenvolver uma alternativa a redes sociais como o Facebook. Seria o que chamei de rede social baseada em grupos, que possibilitaria um design alternativo.

O problema que vejo hoje é que não somos capazes de prover verdadeiras alternativas. Quando você está cansado do Facebook você muda para outro Facebook, que pode ser diferente apenas em sua política de dados e propriedade, mas você acaba fazendo as mesmas coisas lá e sofre dos mesmos problemas nessas novas plataformas. Criar alternativas faz também parte do que chamo de tecnodiversidade.

Quais sãos seus projetos atuais? Está dando aulas online? Como funciona isso para você? Estou aguardando a publicação de meu novo livro, “Art and Cosmotechnics” (arte e cosmotécnica) —espero que ele seja publicado a partir de abril de 2021. A partir daí, vou embarcar em outras aventuras. Atualmente estou dando aulas em Hong Kong.

Por causa da Covid-19, a maior parte tem sido online. É interessante que nesta época digital dar aulas face a face ainda seja considerado pela maioria das pessoas como mais “autêntico” e que ensinar online seja visto como secundário. Ao mesmo tempo, é espantoso que não haja mais ferramentas de ensino digital online e que todas as universidades acabem usando praticamente as mesmas ferramentas. Isso diz muitas coisas.

A pandemia foi um alarme para nos lembrar do nosso lugar na natureza e também no cosmos? Você acha que há alguma reconfiguração no pensamento por causa dela? Espero mesmo que seja um alarme. No entanto, isso não implica uma grande mudança na nossa orientação política. Ao contrário, pode ser o caso de que a recuperação econômica, social ou política apenas leve a formas ainda mais agressivas de exploração. Então, não é o caso de esperarmos o fim da pandemia para mudar algo.

Algumas novas orientações e estratégias têm de ser formuladas desde já. Ainda tenho esperança de que, com a tecnologia digital, possa haver algo que possamos fazer em termos de construir novas instituições e trocas.

A ideia de tecnodiversidade aplica-se às ciências da vida, como a pesquisa genética ou o desenvolvimento de vacinas? Faz sentido pensar em tecnodiversidade nesses casos? Em termos de tecnodiversidade, talvez possamos dizer que haja duas perspectivas, ainda que estejam inter-relacionadas.

Uma é a perspectiva da cultura, que elaborei no meu livro sobre a cosmotécnica, contra o conceito da universalidade da tecnologia. A outra é a perspectiva da epistemologia, como o que eu disse sobre as redes sociais. Diversificação é imperativo, não apenas da perspectiva do mercado, mas também da imaginação do futuro.

Qual o papel da religião no mundo de hoje? Se me lembro corretamente, você estudou em um colégio católico quando jovem. Além disso, a tecnologia é, de algum modo, uma nova forma ou um substituto para a religião? Depois do anúncio de Nietzsche sobre a morte de Deus, vemos que a religião cristã ainda existe, mas Nietzsche não está mais lá. A morte de Deus é para Nietzsche um momento de superar o conceito do humano, para inventar a ideia do “Übermensch”.

Deus é transcendência que não pode ser substituído pela tecnologia em si. No entanto, a fantasia sobre a tecnologia, como, por exemplo, Microsoft criou um Xbox Series X personalizado de Far Cry 6 - E o resultado é INCRÍVEL!, a ideias de “homo deus”, de singularidade e outros termos que invocamos antes podem desempenhar esse papel.

Nosso conhecimento é limitado, muitas coisas são desconhecidas por nós. Com o avanço da ciência e da tecnologia, essas coisas passaram a parecer ainda mais místicas que antes. O desconhecido ocupa o lugar de Deus; alguns continuam a encontrá-lo na religião, alguns na poesia e alguns na arte. Para mim, a questão é qual a relação entre tecnologia e o desconhecido. Esse é o tema chave dos meus estudos no livro “Art and Cosmotechnics”.

Por fim, vivemos uma exaustão de paradigmas para entender o mundo? É necessário construir uma nova linguagem, baseada na ciência da computação, como propõe Stephen Wolfram, para explicar a natureza e o mundo? Ou ainda temos as ferramentas necessárias para isso? A linguagem para apreender as coisas em si, em sua totalidade, é chamada de metafísica. Nesse sentido, a cibernética, que entende o mundo através da retroalimentação de repetições e pela organização da informação, não apenas é metafísica, mas também sua completude, sua realização.

A linguagem cibernética hoje é concretizada em algoritmos, e algumas pessoas podem ser seduzidas pela ideia de que logo será possível decifrar os segredos do Universo, da mesma forma como se aspirou logo depois da descoberta do DNA. E, de fato, alguns biólogos hoje usam uma metáfora linguística para entender o DNA como se fossem algoritmos e informação codificada por meio dele.

No entanto, hoje vivemos em um mundo pós-metafísico, posterior à ideia da morte de Deus e posterior ao fim da metafísica e das batalhas do século 20. Vamos precisar de uma abertura para entender este mundo e procurar um lugar para nós mesmos no cosmos.

Não estou dizendo que não seja promissor entender o mundo através da ciência, ou que deveríamos abdicar da ciência ou da tecnologia. Isso de forma alguma é o que afirmo. Em vez disso, não importa o quão avançado seja nosso conhecimento, devemos sempre lembrar a nós mesmos da nossa própria finitude em face ao mundo. De outro modo, vamos apenas bater em retirada em direção à metafísica.

Algo parecido com o que Rainer Maria Rilke disse nas “Elegias de Duíno”: “Com todos os seus olhos, o mundo natural vê o Aberto. Nosso olhar, porém, foi revertido e como armadilha se oculta em torno do livre caminho. O que está além, pressentimos apenas na expressão do animal; pois desde a infância desviamos o olhar para trás e o espaço livre perdemos, ah, esse espaço profundo que há na face do animal”.

Источник: [https://torrent-igruha.org/3551-portal.html]

*ૢ✧ ཻུ۪۪Rᴇᴄᴏᴍᴇɴᴅᴀçãᴏ: R6S ›› :heavy_multiplication_x: •˖*

Duvido você ler tudo

╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴╴

❛ 𝐛 𝐢 𝐞 𝐧 𝐯 𝐞 𝐧 𝐮 𝐞 ❜

   ︵︵︵︵                                  ︵︵︵︵   

❖    ◌    ❖    ◌    ❖    ◌    ❖    ◌    ❖    ◌    ❖

user uploaded image

━━ㅤ •ㅤ • ㅤ• ㅤ• ㅤ• ㅤ• ㅤ━━

︶︶︶Ⓡ︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶⑥︶︶︶

◠ ◠ ◠ ◠ ◠ ◠

ㅤ⌧ ཻུ۪۪ :video_game: ›› ‧ ‧ Hi, guys, como estão? Espero que bem. Enfim, trouxe meu primeiro blog para poder participar do evento #OffTopic2_0, que foi promovido pela líder Gabi. Na verdade, eu não tinha intenção alguma de postar este conteúdo — ainda mais sobre esse tema — foi tudo graças ao [Ace

You can watch a thematic video

Far Cry 6 - Xbox Series S - Gameplay 1440p 60fps HDR

0 comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *